Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blog da Liliana

Olá, o meu nome é Liliana Silva, tenho 21 anos e sou estudante de Design no IADE-U. O blog apresenta neste aspeto temas e assuntos relacionados com o entretenimento, romantismo e muito mais.

Blog da Liliana

Olá, o meu nome é Liliana Silva, tenho 21 anos e sou estudante de Design no IADE-U. O blog apresenta neste aspeto temas e assuntos relacionados com o entretenimento, romantismo e muito mais.

Sab | 28.01.17

Querer e permanecer

Por vezes ás pessoas já estão destinadas a ficar juntos a encontrarem-se e amarem-se para sempre, mas apenas estão desencontradas. E por mais tempo que passe, por mais desencontros que tenham, por mais mágoas na vida que passes e por mais feliz que tenhas sido com uma outra pessoas, elas acabam por se encontrar num momento mais propício, quando menos esperarem, quando já nem acreditarem, aparece, porque nada consegue separar-la pois o que já escrito no destino ninguém consegue derrubar, mesmo que não acreditem, o destino é quem domina tudo, e se é assim que tem de ser, assim será sempre.

 

Provavelmente haverá alguém no mundo, que ao ler este post se identificará logo de cara, porque haverá ai muitas pessoas que já passarão ou estão precisamente neste momento a passar por esse episódio, ou algo idêntico a isto. Já eram amigos, reencontram-se depois de muitos anos, separaram-se a agora juntaram-se de novo, e tantos outro episódios deste género acontecem. Muitas e muitas outras razões podem separar duas pessoas que parecem estar destinadas a ficar juntas mas não estão, mas felizmente ainda existem muitas casos deste em que ambos se juntas e são felizes hoje. Outros apenas não sabiam que estariam destinados a ficar juntas, e provavelmente nem agora mesmo depois de se depararem com essa adversidade acreditam que irão dar em alguma coisa, sendo amigos a tantos anos, porque são amigos a muito tempo e nunca repararam que aquilo poderia ser mais que o que era, poderia existir uma paixão e quiçá um grande amor, um amor verdadeiro. 

 

É claro que temos de fazer a nossa parte para que tudo dê certo, porque muitos dos casais que conhecemos apenas se acomodam aquele estado, ao estado de “ ok já te tenho, não preciso mais de estar a conquistar, porque já o fiz, não me vou esforçar mais.”, no fundo é isto que acontece aos inúmeros casais que já conhecemos e que atualmente não estão juntos mas sabemos que se amam. Por esta e tantas outras razões é que devemos dar para receber sempre com sinceridade e amor, ou tudo dará errado. Para sermos felizes temos de estar cientes que mesmo depois da conquista é necessário sempre e todos os dias conquistar e surpreender, nunca jamais nos devemos acomodar e fazer da nossa relação uma rotina, inovem, surpreendam todos os dias, façam sorrir todos os dias, digam sempre aquilo que sentem, tu dás para ter retorno.

 

Contudo, existe sempre uma hora certa para tudo acontecer, as coisas acontecem quando tem de acontecer, no momento e nas condições certas, porque só assim sabemos aproveita-las da melhor maneira, para que desta forma nos proporcionem mais prazes e felicidade. As pessoas que se amam com intensidade e transparência tem tudo para dar certo, independentemente de tudo, quero com isto dizer que mesmo que haja pessoas a torcer para que tudo dê errado se soubermos ser transparente um com o outro não há quem consiga estragar o que quer que seja porque acima de tudo no meio daquele casal existe sinceridade e confiança.

 

É preciso sobretudo  mais do que tudo, querer e permanecer.

 

É normal que quando estamos super felizes querermos partilhar toda a felicidade, as nossas conquistas pessoais, as nossas metas, umas vez que a tristeza também a alegria fica estampada nos nossos rostos e então temos sempre a necessidade de a partilhar com alguém, com amigos, família e por vezes amigos dos amigos, o que nem sempre favorável a nós mesmo. Todos sabemos que o mundo está cheio de pessoas mal amadas e que não podem viver com a felicidade dos outros, que para serem felizes precisam de espinhaço a vida alheia. 

Por outro lado também há quem torça pela nossa felicidade, quem caminha sempre ao nosso lado nos bons e nos maus momentos elas estão lá, quem nos ama verdadeiramente e quem é capaz de partilhar todo isto e muito mais com sinceridade e transparência. E é a eles que devemos agradecer. 

 

Não há nada mais gratificante do que estarmos felizes e bem connosco próprios, temos amor temos amigos o resto com certeza não será tão feliz quanto nós que sabemos amar, aceitar e partilhar a felicidade, amor, sinceridade e transparência.