Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blog da Liliana

Olá, o meu nome é Liliana Silva, tenho 21 anos e sou estudante de Design no IADE-U. O blog apresenta neste aspeto temas e assuntos relacionados com o entretenimento, romantismo e muito mais.

Blog da Liliana

Olá, o meu nome é Liliana Silva, tenho 21 anos e sou estudante de Design no IADE-U. O blog apresenta neste aspeto temas e assuntos relacionados com o entretenimento, romantismo e muito mais.

Sab | 28.01.17

Somo o que fomos

É difícil eu entendo, quando olhamos para trás e percebemos que já não temos ao nosso lado quem nos fez tão bem. Olhas para trás e vês todos aqueles bons e inesquecíveis momentos como se um por segundo nada daquilo que te fez tão feliz nunca tivesse acabado, mas na realidade acabou, e tu não sabes bem como agir, porque no fundo nada vai voltar e para ti ainda não acabou.

A saudade aperta e tu, pões-te  pensar naquilo que passa te, e perguntas-te como é que tudo mudou tanto, tu não sabes porque mas no fundo entendes que foi o melhor, mas não consegues esquecer nada daquilo, foi tão bom, foi tão lindo, foi... foi tão inesquecível!

 

Não quero que digas que acabou, eu no fundo sei que tu me amas, porque que temos de estar assim?

Dizias que eu era o ar que tu respiravas mas estás ai, sem mim... Quando nos vemos, olhamos nos olhos um do outro e recordamos todos os momentos que passamos, mas fundo sabemos que acabou. Mas sorrimos e perguntamos porque que não deu, pois eu sou tua e tu és meu! Estou cansada de viver no teu mundo, sabendo eu que tu não vives o meu, espera só um segundo pois eu ainda não disse adeus. Não sei ao certo se esse dia vai chegar, quando basta uma musica e lá vens tu, mas a verdade é que já acabou mas custa me a mim aceitar que tu já foste e eu fiquei. Sei que somos o que fomos e a verdade é que são memórias e nada mais. Conheço os teus medos, os teus sonhos e os teus segredos, sabes que fomos felizes um dia, sinceramente eu não entendo mas percebo-te no fundo, apenas não aceito.

 

Os anos passamos e nós deixamos pedras no caminhos, pois no fundo nenhum de nós consegue seguir a vida, ou talvez apenas eu não consiga seguir a minha vida, pois para mim nada faz sentido sem ti.

E tal como a vida, tu vais continuando no meu pensamento, no meu coração, na minha memória, para sempre. Desde que te vi que a minha vida mudou, mudou de tal forma que agora é difícil seguir a vida sem ti, pois agora que aprendi a viver contigo, já não sei viver sem ti.

 

São as memórias que ficam, que me fazem sorrir e recordar o quão foi bom Deus ter-te posto no meu caminho.